“O presente Estudo da Política Tarifária dos Sistemas de Transporte Público Coletivo da Região Metropolitana de Belo Horizonte - RMBH avalia os impactos da ampliação da integração entre sistemas de transporte coletivo da RMBH, tendo por base a política tarifária vigente e a introdução de alternativas que favoreçam a realização de viagens integradas entre os sistemas de transporte municipais e metropolitano, no âmbito da RMBH. O estudo foi desenvolvido pelo Banco Mundial, em apoio à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais (SEINFRA).
O trabalho consiste em estudo de integração tarifária entre os sistemas de transporte coletivo: Metrô de Belo Horizonte (CBTU); Ônibus Metropolitanos de Belo Horizonte (SEINFRA), Ônibus Municipal de BH (BHTRANS); e Ônibus Municipal Contagem (TRANSCON). Ele propõe como metodologia a integração entre os sistemas com desconto de 50% na menor tarifa.
Entre os principais objetivos, o trabalho busca avaliar os impactos da integração tarifária na RMBH, obter resultados sob a perspectiva de todos os personagens que compõem o transporte coletivo urbano e gerar recomendações para tomada de decisões pelos gestores.
O estudo é uma proposta, que servirá com subsidio para o projeto de Integração dos Sistemas de Transporte Coletivo que a SEINFRA está desenvolvendo, com apoio da Agência RMBH”


Gabriel Ribeiro Fajardo
Subsecretário de Transportes e Mobilidade

Enviar para impressão